Animais

Ferradura de cavalo: conheça mais sobre usos e cuidados

Saiba mais sobre o uso e cuidados das ferraduras nos cavalos
Veja a importância das ferraduras para os cavalos – Crédito da Imagem: https://www.youtube.com

O cavalo é um animal que representa elegância e confiança. E no mundo country, o equino adquiriu importância ainda maior, pois ele é a perfeita representação dessa cultura. Falamos bastante sobre a importância desse equino em outras vezes no blog. Leia mais aqui. Dado tamanho protagonismo, o animal merece cuidados extras e mais do que especiais. E a ferradura é uma maneira de cuidar muito bem dele. Continue conferindo o texto para saber o acompanhar mais sobre o uso e cuidados dessas proteções de patas de cavalos.

Por que o cavalo precisa da ferradura

O casco das patas do cavalo é essencial para o ser cavalgar e movimentação, porém também é uma região extremamente sensível. A sensibilidade ocorre por conta do tipo de pisada que os equinos dão. Eles costumam pisar sobre a extremidade de um único dedo, protegido pelo casco. Na verdade, seria como uma unha bem grossa. Conclusão, essa área fica desgastada e frágil.

Quando o costume começou

Foi, aproximadamente, no século XX que os cavaleiros e amazonas conseguiram enxergar a necessidade de se proteger essa área sensível do corpo do cavalo e procuraram por uma solução. Então, uma ferradura foi desenvolvida especialmente para que esses animais não se sentissem mais machucados. E, é claro, trouxesse vantagem para os criadores, afinal, os equinos poderiam trabalhar mais dessa forma.

Conforto sem dor

Vamos deixar claro de uma vez por todas: o cavalo não se machuca quando se prega a ferradura nele. Esse artigo de proteção é grudado com vários cravos na parte morta do casco. Podem ficar tranquilos que mexer na parte morta não fere o equino. Mas, é claro, que é preciso muito cuidado para se prender a ferradura corretamente sem o ferir.

Além de manter o conforto do animal, esse objeto também coopera com o aumento da tração das patas, redução de irregularidades do andar e possíveis defeitos naturais do casco.

Para quando o cavalo está mancando ou com outro problema no cavalgar, existem versões ortopédicas da ferradura que são usadas juntamente com uma palmilha.Outro remédio para esses casos é simples: descanso.

Para você entender a importância das ferraduras, as mesmas possuem papel essencial no desempenho dos cavalos que praticam o hipismo.

Como são feitas e tipo de material das ferraduras

Atualmente, os “calçados dos cavalos” podem ter, em média, 10mm de espessura e serem feitos de ferro, alumínio e aço. Alguns deles podem, inclusive, ter almofadas de gel para que o animal tenha mais conforto.

Para ser feita da maneira correta, a ferradura deve seguir alguns passos. O primeiro é a aquecer a uma temperatura de 800 graus. Depois, ela deve ser moldada na bigorna de acordo com as medidas das patas do cavalo. Então, ela deve ficar em um balde de água gelada para esfriar. Só após todo esse processo, um profissional pode pregá-la ao casco com todo o cuidado que já comentamos.

Curiosidade: ainda existem outros modos, como a colagem com alumínio.

Você já viu ferradura com decoração? Pois esses efeitos decorativos podem exercer as funções de embelezamento e de proteção, já que podem ser antimicrobianos também.

Museu de Nossa Senhora Aparecida

O Museu Nossa Senhora de Aparecida, na torre do Santuário Nacional de Aparecida (na cidade de Aparecida, no estado de São Paulo), é um espaço repleto de objetos que mostram milagres que feitos pela Santa e que são reconhecidos pelo Vaticano. Um dos artigos que fazem parte da coleção, inclusive uma pedra com a marca de ferradura de um cavalo.

A história católica conta que no começo do século XVII, um homem ateu tirou sarro dos romeiros da cidade de Aparecida. Sua ousadia chegou ao ponto de ele tentar entrar na Igreja Velha com o seu cavalo. Porém, a pata do equino ficou presa em uma pedra que ficava na escadaria.

Leia mais sobre a fé do universo sertanejo na Nossa Senhora de Aparecida, a padroeira do rodeio .

Amuletos da sorte

Você já ouviu falar que a ferradura é considerada um amuleto da sorte? Pois alguns supersticiosos juram que esse objeto ajuda a afastar criaturas imaginárias ruins. Há muito tempo se acreditava que existiam fadas que se travestiam de outras forma, parecidas com as imagens que existem de duendes atualmente. Esses seres foram apontados como do mal, impedindo processos naturais como a vaca ter leite de acontecer. Em casos mais extremos, até bebês desapareciam. Para afastar todo esse mal, os habitantes penduravam ferraduras na porta da frente, pois isso supostamente assustava esses seres.

Hoje em dia, é muito difícil conferir a veracidade dessas histórias. Tanto é que muitos as consideram apenas como mitos. Porém a ideia da proteção com a ferradura continua. E a discussão é outra: algumas pessoas dizem que apontar as duas pontas da ferradura para cima da sorte, porém outras dizem o contrário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *