Animais

Curiosidades sobre a raça Nelore

Você conhece bem a raça Nelore?
Saiba mais sobre a raça Nelore – Crédito da imagem: http://www.pecuaria.com.br/

Diretamente da Índia para o Brasil: apresentamos a Nelore. A raça, da linhagem zebuína, apresenta algumas características como a versatilidade, docilidade e fertilidade que a elevam a uma das principais no cenário do agronegócio brasileiro.

Hoje vamos conhecer mais sobre a história desse animal tão importante para a pecuária do País. Acompanhe!

Características importantes da raça

Os bovinos dessa linhagem são reconhecidos pelo porte médio, o estilo rústico e o conjunto de ossos leve, robusto e forte e cabeça de proporção menor. Essas são algumas das características que deixam esse animal mais próximo dos padrões estabelecidos pelo mercado, pois elas significam bom rendimento nos processos industriais.

Vamos nos aprofundar um pouco mais na sua estrutura e personalidade, confira!

Uma importante característica é a flexibilidade para se adaptar bem a vários tipos de clima, como o tropical de temperatura elevada. Sua força para aguentar o tempo quente do Brasil se deve à grande superfície corporal e o elevado número de glândulas sudoríparas, que regulam a temperatura do corpo e eliminam substâncias tóxicas.

A dócil raça Nelore também se destaca por ser fértil e ter longevidade reprodutiva. Em especial, as fêmeas demonstram facilidade para fazer o parto e habilidades maternas naturais. Os bezerros costumam nascer com, aproximadamente, 30kg e serem desmamados entre 190Kg e 200kg.

Para ficar mais fácil de identificar esses animais, observe o cupim, aquela concorva mais alta que o normal. Ali, ficam abrigados reservas nutritivas, que servem como estoque de energia. Geralmente, essa parte do corpo é mais desenvolvida nos machos. Por causa desses atributos, esses animais podem ser chamados de boi de corcova ou Bos gibosus.

Outra característica interessante é a divisão entre os mochos, animais que não têm chifres, e os que têm. Os chifres são firmes, de cor escura e nascem para cima. Os machos têm um pescoço musculoso e com pelos mais escuros do que o resto do corpo. As fêmeas têm essa parte mais suave. Os pelos do resto do corpo costumam ser brancos ou cinza-claro tanto para machos e fêmeas.

Mais um ponto para destacar dessa raça é a resistência às doenças. Seus pelos dificultam a penetração de pequenos insetos. Sua pele também produz secreção oleosa repelente, que fica mais forte quando o clima está mais quente.

Entenda o que é a espécie Zebu

Você sabe o que significa linhagem zebuína? Antes de falar da história do Nelore, vamos compreender de maneira rápida o que é Zebu.

O Zebu é uma espécie de bovino originária da Índia.  É fácil o identificar, pois causa da “concorva” ou cupim, que já falamos acima.  Entre as raças puras de zebu, você pode encontrar a Nelore, que estamos falando hoje e outras como Sindi, Kangayam, Sindi e Guzerá.

Pronto! Agora podemos continuar nossa trajetória para aprender mais sobre a raça Nelore.

Origem raça Nelore no Brasil: um presente indiano

A cultura indiana é bem diferente da nossa, não é mesmo? Um bom exemplo disso é o modo como eles tratam alguns animais como os bovinos. Por causa da filosofia religiosa, a Índia não os encaminha para a produção de carne. Por isso, a população desse país usa esses animais para a geração de leite e para o transporte.

No ano de, aproximadamente, 1870, a raça Nelore aportou no Brasil. Com o passar dos anos, o animal começou a se espalhar pelo País. E em 1938, foi feito o primeiro registro genealógico da raça. A expansão foi tanta que, hoje em dia, o animal é super importante para o cenário do agronegócio brasileiro. Não é a toa, que ele representa 80% do gado de corte tupiniquim.

A linhagem pode ser importada ou brasileira. Configura-se como importada todos os animais que são trazidos a partir de 1960. E as linhagens são divididas pelas suas características genéticas.

Conheça mais sobre a Associação de Criadores de Nelore do Brasil

Fundado em 1954, a Associação de Criadores de Nelore do Brasil (ACNB) sem fins lucrativos tem a sede na cidade de São Paulo. Seu objetivo é agrupar os criadores, produtores e pecuaristas para que todos se unam em busca da defesa da raça Nelore.

A ACNB desenvolve seu trabalho por meio de inciativas que buscam estimular o desenvolvimento da raça.

Conheça também a Associação Brasileira de Criadores de Zebu

Desde 1934, a Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) incentiva o registro genealógico e as Provas Zootécnicas entre os criadores das espécies zebuínas para aumentar a produção mundial de carne e leite.

Para que o trabalho se desenvolva da maneira correta, a organização participa de toda a cadeia produtiva e também defende os direitos dos produtores rurais.

A ABCZ tem duas certificações internacionais de qualidade: ISO 9001 (qualidade da gestão) e ISO 14001 (qualidade ambiental).

A associação também organiza a Expozebu, uma das maiores feiras agropecuárias do mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *