Animais

Acupuntura em cavalos: conheça os benefícios dessa prática

Saiba como a acupuntura ajuda a combater as dores dos cavalos
Conheça a função da acupuntura em cavalos – Crédito da Imagem: http://medicinadeequinos.blogspot.com.br

Hoje vamos falar das dores que um cavalo pode sentir. E, apesar de ser um assunto sério, vamos mostrar que existem práticas e tratamentos alternativos para ajudar a diminuir a dor que o seu animal sente. No post abaixo vamos falar sobre acupuntura. Vamos entender o que é esse tratamento e como ele pode ser efetivo para cavalos. Continue lendo o texto para saber mais. 

Quais doenças podem afetar o seu cavalo

Sintomas de doenças reumáticas atingem 85% da população brasileira com mais de 75 anos. São as dores e rigidez nas juntas, limitação de movimentos e deformações nas articulações, característicos de doenças como artrite e artrose.

Mas não é só o ser humano que possui esses problemas, animais como cavalos, vacas, bois, cachorros e gatos também podem ter. Infelizmente essa é uma realidade. Só que como não adiantar só se lamentar, o foco é tratar os animais com os profissionais corretos. E, apesar dos equinos e bovinos apresentarem essas doenças com menos frequência, é essencial ficar atento aos sintomas para logo começar o tratamento. E uma das formas de melhorar a situação dos animais é a acupuntura.

O que é acupuntura

Primeiro, vamos entender o que é a acupuntura. Essa forma de tratamento é um segmento da medicina tradicional chinesa, que é considerada milenar. Estudos mostram que a acupuntura foi criada e desenvolvida na China. Ainda se diz que esse ramo da medicina foi inspirado nas tradições taoistas.

Por mais de 2000 anos, a acupuntura usa métodos de introdução de agulhas metálicas em determinados pontos do corpo de um paciente. Cada ponto tem um significado e um objetivo. A aplicação tem como foco tratar diversos tipos de doenças como neurológicas e ortopédicas ou ainda provocar um efeito anestésico.

Hoje em dia, a acupuntura usa pequenas agulhas que podem ser até 10 vezes mais finas que as agulhas de injeção. Ou seja: nem você e sem seu animal precisam ter medo! A aplicação correta das agulhas pode aumentar a liberação de hormônios e neurotransmissores que modulam a dor e ainda trazem sensação de conforto, tais como a endorfina. Além disso, esse tipo de medicina pode atingir áreas específicas do cérebro para controlar melhor possíveis dores.

Acupuntura animal

A gente sabe o quanto os cavalos, e bois também, são importantes para o mundo country. Existem muitas finalidades para o trabalho do equino e do bovino. Eles podem ajudar nos trabalhos diários da fazenda, a servir como matéria prima para o desenvolvimento de peças de couro, os animais podem ser ou fornecer diversos tipos de alimento, na prática de esportes de rodeio, na prática de hipismo e ainda são exibidos em exposições e leilões. Não importa qual seja o trabalho que o seu boi ou cavalo tem, o que importa é que ele deve ser bem tratado.

Para eles, que ajudam tanto na vida, nada mais justo do que um tratamento digno de rei e rainha, não é mesmo? Faz parte desse tratamento real o acompanhamento de médico veterinário, o acompanhamento de um profissional da ciência zooctenia, sessões de fisioterapia, manter as vacinas em dia, o acompanhamento de um quiroprata (da quiropraxia, que é uma ciência que cura de dores por meio da manipulação de estruturas do corpo), sessões de massagem e, é claro, a aplicação de acupuntura.

Curiosidade: para competir fora do País, ainda é preciso ter passaporte próprio.

A acupuntura em animais exige técnicas diferentes das usadas em seres humanos. Por isso, ela só deve ser praticada por profissionais de medicina veterinária que são especializados no tema. Sempre pergunte se o veterinário que você está procurando estudou isso ou se tem alguém para indicar.

O Conselho Federal de Medicina Veterinária já reconheceu a acupuntura animal como uma das especialidades da profissão. Atualmente há mais de 5 mil profissionais que optaram por trabalhar nesse segmento. O tratamento é indicado para terapia de dores e traumas. Além disso, a alternativa pode melhorar a imunidade e a aumentar o desempenho esportivo em queda.

Vale a pena lembrar que apenas a acupuntura não será suficiente. É preciso ter também o constante acompanhamento do médico veterinário, sessões de fisioterapia e até remédios em alguns casos.

Como descobrir que o seu cavalo precisa de ajuda

É sempre bom prestar atenção a possíveis sintomas que o animal pode apresentar quando começa a ter dores que podem necessitar de tratamentos, tais como a acupuntura. Confira alguns desses sintomas:

  • Os cavalos começam a ficar mais introvertidos e quietos.
  • O animal pode ficar mais triste e acuado.
  • Podem passar a mancar.
  • O animal pode se esquivar quando você o tocar em um determinado ponto e ser justamente o local da dor.
  • O equino apresenta perda de musculatura.
  • Podem parar de comer.
  • Dependendo do nível da dor, o equino pode parar de andar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *